Filé mignon suíno

Oi pessoal,

Pra acompanhar o risoto de alho negro e a salada, meu namorado fez esta receita de filé mignon suíno pra aproveitar a carne que eu havia comprado no mercado sem ter muita idéia de como cozinhar. Era um pedaço de um pouco menos de um quilo, já temperada e embalada a vácuo, não lembro a marca. Comprei no carrefour, paguei por volta de 11 reais – o tempero era suave e não chocou com o tempero que foi adicionado.

A receita base é do site do André Nogal (veja aqui) – aliás, as receitas dele são ótimas e as fotos que ele publica são lindas.file mignon suino

Não deixamos a carne marinando no molho de um dia pro outro, mas já de pra pegar o gosto da marinada. Se ficou delicioso assim, imagine deixando de um dia pro outro?

O resultado foi tão bom que mesmo de barriga cheia (já havíamos atacado o risoto e a salada do outro post) não resistimos e atacamos o filé mignon também ! 

Bon appétit!

Alho negro – um achado!

Oi pessoal,

Este post estava no blog antigo, então decidi copiar aqui pois fui fazer a receita e não conseguia encontrá-la. Descobri que a receita original é do site black garlic (veja aqui – em inglês) e o site objeto de desejo publicou a tradução com um toque pessoal que eu adorei. O risoto foi um sucesso novamente! Pra acompanhar meu namorado fez uma receita de filé mignon suíno deliciosa (que vou publicar em seguida) e a mãe dele fez uma salada bem saborosa que levava alface, palmito, ovo cozido, azeitona e azeite.

Acabou que a carne demorou umas duas horas pra assar e acabamos atacando a salada e o risoto antes. Mas quando a carne saiu estava tão gostosa que atacamos mesmo de barriga cheia.

Post de 04/04/2013:

Ainda no assunto comida, quero falar sobre o alho negro. Eu já tinha ouvido falar mas não tinha dado muita importância. Outro dia zanzando no shopping Morumbi procurando um presente para o open house de uma amiga muito querida me deparei com o quiosque da Bombay (que se mudará em breve para o shopping market place*). Achei que seria legal presentear minha amiga com uma pimenta bem exótica. Fiquei muito na dúvida… ainda bem que havia degustação de pimentas, geléias de pimenta, azeites aromáticos e um tal alho negro em conserva. Provei uma fatia pequena do tal alho com uma torradinha e amei o sabor! Não tem nada a ver com o alho normal, é levemente adocicado e muito mas muito saboroso! Comprei dois potes de alho em conserva (um pra mim e um pra minha amiga) e também comprei uma cabeça de alho negro in natura, mais por curiosidade do que qualquer outra coisa.

alho negroProcurei na internet uma receita legal pra usar a novidade e encontrei este risoto – o blog objetos de Desejo é muito interessante e a receita é explicada de maneira super bem-humorada com dicas como cantar enquanto mexe o risoto para a felicidade passar para a comida. Uma graça! Achei que seria perfeito para o jantar especial que fiz outro dia (o dia do tiramissu**).

A receita menciona cogumelos fresco mas fiz o risoto com champignons em conserva por preguiça e por não saber cozinhar cogumelo fresco eheh pra facilitar. Comprei shitake também mas achei que o sabor não combinaria muito bem com o alho negro então deixei de lado. Eu não tinha azeite de trufas, usei azeite normal mesmo.  E preferi não usar salsinha. Na hora de montar o prato coloquei o risoto, salpiquei mais pedaços de alho negro (enfeita e realça o sabor do alho) e coloquei duas fatias de presunto parma. Adoro risoto com acompanhamento, ficou MUITO bom! Acho que um bom paillard de filé mignon também iria muito bem. Fica legal colocar um galhinho de alecrim pra decorar e também usar prato fundo – só que eu só tenho 2 desses pratos, vou precisar comprar mais pra receber os amigos! ahah

O risoto ficou uma delícia! U-huuu mais um gol de placa no meu hall da fama imaginário da gastronomia.

A minha amiga adorou o alho negro e está super convidada para saborear o risoto na minha casa. Graças a ela descobri o alho negro. Aliás, graças a ela aprendi a gostar de vinhos e a saborear carne ao ponto. Entre muitas outras coisas que aprendi com ela. Ah como é bom ter amigos / mestres não é ?

Grande abraço!

NOTAS:

* o quiosque da bombay spices já se mudou para o Market Place

** depois publico a receita do tiramissu que acabou ficando no blog antigo também.