A internet lendo seus pensamentos

Oi pessoal,

spy_smiley

Outro dia pesquisei na internet preços de fogões. Acredito ter acessado sites de compras diretamente, não usei o google. Pesquisei as lojas de sempre – americanas, ponto frio, compra certa, fast shop. Aí o fogão começou a aparecer em todos os lugares. Entrava no facebook, lá estavam ofertas de fogão. Abria um blog, fogão. Acessava o Yahoo email, fogão. Se bobear, tinha um me seguindo na rua!

E aí todo mundo me avisando pra limpar os cookies e tal. Também me avisaram que o isso se chama retargeting. Funciona assim – você entra num site e procura uma coisa. Aí o site tem inteligência pra ler a sua busca e gravar informações na sua máquina na forma de cookies. Quando você acessar o site novamente, ele lerá esses cookies e trará informações e propagandas de acordo com as coisas que você tem interesse.

O facebook por exemplo tem um monte de espaço destinado a anunciantes. Então eles muito espertamente lêem os cookies das nossas máquinas e já mostram as propagandas certas. O facebook ficou me mostrando ofertas de fogão na Fast Shop. O wordpress e o blogger (blogspot) também fizeram a mesma coisa – dando a incômoda impressão de que os fogões me perseguiam.

Limpar os cookies parece resolver (os fogões sumiram) mas é um saco ter de ficar fazendo isso toda hora. É possível instalar uns AD Blockers – plug-ins de browser que evitam que os sites baixem cookies de propaganda. Achei uns pra chrome e pra firefox mas nada pra internet explorer (“googlem”).

O pior é que o retargeting deve mesmo funcionar pros anunciantes mesmo sendo TÃO irritante (achei um monte de páginas de vários países em que pessoas reclamam dessa prática). Porque se você está pesquisando preços de fogão, já sabe quais são os preços da maioria das lojas e aí aparece uma mega oferta bem na sua cara, claro que você compra! Tá, eu não comprei mas foi porque o desconto excelente era só pra compra à vista e se tivesse aquela grana na hora teria comprado na certa.

Agora nada disso explica o porquê do facebook ficar me sugerindo grupos como “reeducação alimentar” ou ” como perder peso” ou “em busca do corpo perfeito”, não procurei nada disso na internet !!!

Tá bom que só pelo fato de eu ser mulher, a chance de eu estar querendo emagrecer é grande. Mas pô, parem de ler os meus pensamentos okay???

Abração!

Molhos de shabu-shabu

Oi pessoal!

Eu republiquei o post sobre shabu-shabu porque deu muita vontade de fazer o prato aproveitando o friozinho que está fazendo em São Paulo. Aí choveram amigos querendo participar – o que é ótimo porque o shabu-shabu é um prato pra saborear com os amigos. Aliás, todos os pratos ficam melhores na companhia de pessoas queridas!

Então fui ao bairro da Liberdade comprar os ingredientes e me deparei com molhos prontos específicos pra shabu-shabu! Que prático!

Tem o Ponzu (molho cítrico para os legumes), o Pon shabu (também conhecido como ponzu shoyu – tanto para carnes quanto para legumes)  e o goma shabu (molho de gergelim e missô, ideal para carnes). Não são muito baratos, custam de 12 a 14 reais cada. Mas garanto pra vocês que a praticidade compensa! Mas quem quiser fazer os molhos, as receitas (vejam aqui) dão super certo.

Se você entrar na Marukai (rua Galvão Bueno, 34), vá direto a sessão de molhos. Perto do monte de molho pra yakissoba se encontram os molhos específicos para yakiniku, sukiyaki, shabu-shabu entre outros.

para carnes

Goma Shabu

para verduras

Ponzu

DSCF2999

Pon Shabu ou Ponzu Shoyu

Como mencionei antes, dá pra comprar a carne já cortada bem fininha. Procure carne para sukiyaki, ficam na sessão de congelados. Também não é barato (custa uns 47 reais)  mas vem um quilo e rende muito! E a carne fininha pega melhor os temperos.

Na Marukai também é possível encontrar todos os ingredientes e utensílios pra este prato  (inclusive o fogareiro e o gás butano). Estou fazendo propaganda gratuita, mas acho que todos que vão na Liberdade conhecem essa loja. É muito completa! Não se assuste com o tamanho da fila gigantesca, ela anda muito depressa.

Abraço!

 

 

Música Portuguesa II

Oi pessoal!

Continuando o post sobre música portuguesa, deixei de fora duas bandas muito legais que merecem serem divulgadas.

Os Azeitonas são uma banda de rock alternativo da cidade do Porto de 2002 – muito criativos, fazem um som rock animado e contagiante. Pander é a minha música favorita  e é do disco mais novo chamado AZ. Acho que Pander não quer dizer nada, mas de acordo com o fã clube “Os Azeitolas“:

Pander é uma palavra criada pelo Megre Beça e que representa o espírito da banda. Na linguagem da banda, pander significa ainda convívio, o que se passa antes e depois dos concertos.

Também do disco AZ (o mais recente), esta música que se chama Nanana – pra mim é uma ode ao classic rock, muito boa!

A segunda banda que esqueci no post anterior mas que é muito digna de nota é Xutos e pontapés – grande nome do rock’n’roll português, já há 35 anos na estrada. Eles fazem um som mais pesado e de muita qualidade, vale a pena conferir.

 

Meu namorado comprou o disco “Puro”, o mais recente da banda – tive dificuldade em selecionar uma pra colocar aqui neste post, são muitas! Fiquei com a que mais toca na rádio Antena 3 (De madrugada), a mais pesada (Milagre de Fátima) e a que foi mais fácil decorar a letra – até meu namorado que nunca sabe a letra de música alguma estava cantando junto (Na Nação).

De madrugada

Milagre de Fátima

Da nação

Vou pesquisar os maiores sucessos dessas bandas e depois publico aqui.

Abraços!!