Boca vermelha – para mulheres poderosas!

Oi pessoal!

Estava fuçando um blog antigo e achei um post meu de 2010 contando meus primeiros passos tentando usar batom vermelho. Era uma dificuldade, eu demorava um tempão pra fazer o contorno da boca e ficava tudo torto e ainda por cima eu achava que todo mundo ficava olhando pra minha cara pq né? só podia estar estranho.

De lá pra cá eu aprendi a usar batons escuros – muito embora no dia a dia continue apostando em lip balms e glosses. Outro dia  decidi desenterrar meus batons escuros e ando me divertindo com o visual. Só fazer uma make leve e caprichar no bocão, já dá um efeito!

12368996_10209112273950932_3754862060790716291_n

Make para palco, cílios postiços e batom ruby woo da MAC

Recentemente participei de uma apresentação de dança e tivemos a ajuda de duas fadas madrinhas, maquiadoras profissionais que simplesmente transformaram aquele evento numa noite inesquecível. Fomos para o palco nos sentindo verdadeiras princesas! E o batom escolhido? O poderoso Ruby Woo da MAC. Enchi o saco das minhas amigas e acabei ganhando um de Natal/Aniversário. YES!!!

 

Pra quem quiser dicas, recomendo este vídeo da Alice Salazar – ela explica direitinho o que precisamos fazer!

Eu gosto muito da Alice, ela é doidinha mas ela é uma super maquiadora e dá dicas muito úteis pra fazer looks bem bonitos. Aqui tem um vídeo dela ensinando o visu completo – boca vermelha e olhos com delineadorzão.

As mesmas dicas valem para os tons escuros da estação. É legal para variar. Arrasem!

Abraços!

Natal em Família (repost)

Oi amigos!

<post do meu antigo blog, de 2010>

the-addams-family-01-4

Natal em família é sempre muito bom mas também é sempre aquele porre. Quem não tem um parente mala que tem o dom de te irritar de um jeito que, graças a Deus, pouca gente consegue ?

Este ano ouvi uma pérola: uma tia super chata, daquelas que a gente tem de tomar umas antes de encarar uma tentativa de conversa, veio me dizer que eu aprendi a ser gente finalmente. Tudo isto porque eu me esforcei pra falar um pouquinho mais com a chata. Acho que isso aí foi uma tentativa de elogio né? Tem gente que simplesmente é tão chata que até as gentilezas saem atravessadas…

Fiquei considerando por uns instantes a possibilidade de xingar de volta. Mas decidi que não valia a pena. Enfiei a cara no sorvete e assim ignorei a conversa. Okay, eu tava mesmo a fim do sorvete – delicioso como sempre. Ai por que sorvete é sempre tãaaao bom ???

Opa opa, voltando… aí a tia passou a falar mal da minha irmã, sempre tão reservada. E depois, do meu irmão, sobrinho, todo mundo. Aí peguei mais sorvete e saí do local sem me preocupar em disfarçar nada. Dei as costas e foi o melhor que pude fazer. Ano que vem ela pode voltar a falar para as outras tias que eu deixei de ser gente, pq francamente, da próxima vez vou fugir dela ahhhh vou !! Mas não do sorvete ! 🙂

E por que será que as vezes as pessoas tratam os parentes mal, mas tratam os outros muito bem ? Outro dia no shopping vi uma mocinha berrando com a mãe por causa de uma pergunta que irritou a garota, mas quando um estranho perguntou exatamente a mesma coisa, ela virou-se pra ele e respondeu toda delicadinha. Depois virou-se pra mãe e continuou com as grosserias… Na minha família isto também acontece. E na de vocês ? Eu evito ao máximo, mas fico pensando se as vezes um comportamento assim também escapa em mim.

Não sei por que não consigo parar de pensar naquele filme chamado Parente é Serpente, vocês lembram?

Mas vejam o lado bom: são estes momentos que inspiram crônicas, filmes, comédias…E quem aguenta viver sozinho?

Boas Festas!!