Docinho de tâmara

Oi pessoal!

Eu parei de consumir açúcar refinado no final do ano passado – e até que está indo tudo bem. Mas de vez em quando bate uma vontade DANADA de comer um docinho! Numa dessas crises fui ao Carrefour tentar achar algo que me acalmasse e encontrei um doce de tâmara lá na sessão de frutas. É um produto importado da Turquia, chama-se Kurme Fruit Ball, custa 3 reais a unidade. Parecia um brigadeiro, mas a lista de ingredientes mencionava apenas tâmaras, cacau em pó e chia. Estava uma DELÍCIA!

Decidi tentar reproduzir a receita – comprei tâmaras secas, cacau em pó (sem açúcar e orgânico, da marca Mãe Terra) e chia. Cortei as tâmaras em pedacinhos (usei uns 120 gramas), deixei de molho por 30 minutos, bati no mixer  e depois coloquei tudo na panela. Fui colocando mais água até obter uma consistência cremosa. Fui adicionando cacau em pó aos poucos, até chegar num ponto mais firme pra poder fazer bolinhas. Usei a chia depois pra enrolar o doce, mas se não gostar, pode-se usar cacau em pó também. Rendeu umas 10 bolinhas de tamanho médio (maior que um brigadeiro de festa, menor que um brigadeiro daqueles gigantes de padaria).

bolinha-de-tamara

Ficou bem parecido com a kurme fruit ball – o cheiro é de chocolate e o gosto é bem docinho por causa da tâmara. Acho que deve ficar bom também colocar nibs de chocolate pra ficar crocante. A receita fez tanto sucesso que tive de comprar mais tâmaras para fazer mais uma leva. E não sobrou uma bolinha só pra contar história.

Fácil, rápido, nutritivo e bem gostoso! E sigo firme na vida sem açúcar refinado.

Abraços!

 

 

Anúncios

ovos pochê

Oi amigos!

Eu sou viciada num programa de TV chamado Top Chef da Bravo TV (aqui no Brasil passa no canal Sony), um reality show de competição culinária. Ah eu gosto mesmo, os barracos, os perrengues, os micos, os fracassos… e claro, os pratos lindos, criativos.

Eu sempre vejo o povo fazendo ovos pochê e fiquei curiosa… perguntei ao google e ele me retornou um zilhão de receitas. O bom de ser uma cozinheira dummy nos tempos atuais é que o google sempre salva! Qualquer coisa que você queira cozinhar, só perguntar para o google – ele traz as receitas e vídeos.

Ovos pochê são ovos cozidos na água. A gema fica cozidinha por fora e mole por dentro. Claro que quem não suporta comer gema mole pode deixar o ovo mais tempo na água até dar o ponto certo.

Segui a receita do blog La cucinetta. Além de ser uma receita bem legal, o texto é uma graça! Quem quiser, pode procurar os trocentos vídeos no youtube que mostram exatamente como fazer. Basicamente é preciso esquentar água, colocar vinagre e sal (vão manter o ovo juntinho), esperar o tempo necessário (no mínimo 3 minutos), retirar com uma escumadeira, colocar num prato forrado com guardanapo pra chupar a água, temperar com sal e pimenta a gosto. Voilá!

Poachie

Poachie

Existem um utensílio bem legal que facilita o trabalho, chama-se poachie (esse da figura). Tinha um blog que fazia a comparação do ovo pochê feito com e sem o poachie mas agora a página não existe mais. Enfim, o poachie faz um ovo pochê bem redondinho, lindo! Nunca encontrei aqui no Brasil mas lá fora custa 5 USD.

Também vi um tipo de anel de metal que serve pra isolar o ovo na água assim ele não mistura e fica ajeitadinho – como mostrado no Brasil no Prato da chef super star Carla Pernambuco. Fiquei louca pra fazer essa receita também, devo experimentar em breve.

Mas o próximo passo será aprender a fazer eggs benedict, que são ovos poché com o tal molho holandês.

Abraço pessoal!

ovo poche

[Nota: eu tirei o link para o Brasil no Prato porque o canal Bem Simples foi comprado pela Fox Brasil e os conteúdos não estão mais disponíveis]

[Nota 2: este post foi publicado originalmente no meu antigo blog]