Boca vermelha – para mulheres poderosas!

Oi pessoal!

Estava fuçando um blog antigo e achei um post meu de 2010 contando meus primeiros passos tentando usar batom vermelho. Era uma dificuldade, eu demorava um tempão pra fazer o contorno da boca e ficava tudo torto e ainda por cima eu achava que todo mundo ficava olhando pra minha cara pq né? só podia estar estranho.

De lá pra cá eu aprendi a usar batons escuros – muito embora no dia a dia continue apostando em lip balms e glosses. Outro dia  decidi desenterrar meus batons escuros e ando me divertindo com o visual. Só fazer uma make leve e caprichar no bocão, já dá um efeito!

12368996_10209112273950932_3754862060790716291_n

Make para palco, cílios postiços e batom ruby woo da MAC

Recentemente participei de uma apresentação de dança e tivemos a ajuda de duas fadas madrinhas, maquiadoras profissionais que simplesmente transformaram aquele evento numa noite inesquecível. Fomos para o palco nos sentindo verdadeiras princesas! E o batom escolhido? O poderoso Ruby Woo da MAC. Enchi o saco das minhas amigas e acabei ganhando um de Natal/Aniversário. YES!!!

 

Pra quem quiser dicas, recomendo este vídeo da Alice Salazar – ela explica direitinho o que precisamos fazer!

Eu gosto muito da Alice, ela é doidinha mas ela é uma super maquiadora e dá dicas muito úteis pra fazer looks bem bonitos. Aqui tem um vídeo dela ensinando o visu completo – boca vermelha e olhos com delineadorzão.

As mesmas dicas valem para os tons escuros da estação. É legal para variar. Arrasem!

Abraços!

Natal em Família (repost)

Oi amigos!

<post do meu antigo blog, de 2010>

the-addams-family-01-4

Natal em família é sempre muito bom mas também é sempre aquele porre. Quem não tem um parente mala que tem o dom de te irritar de um jeito que, graças a Deus, pouca gente consegue ?

Este ano ouvi uma pérola: uma tia super chata, daquelas que a gente tem de tomar umas antes de encarar uma tentativa de conversa, veio me dizer que eu aprendi a ser gente finalmente. Tudo isto porque eu me esforcei pra falar um pouquinho mais com a chata. Acho que isso aí foi uma tentativa de elogio né? Tem gente que simplesmente é tão chata que até as gentilezas saem atravessadas…

Fiquei considerando por uns instantes a possibilidade de xingar de volta. Mas decidi que não valia a pena. Enfiei a cara no sorvete e assim ignorei a conversa. Okay, eu tava mesmo a fim do sorvete – delicioso como sempre. Ai por que sorvete é sempre tãaaao bom ???

Opa opa, voltando… aí a tia passou a falar mal da minha irmã, sempre tão reservada. E depois, do meu irmão, sobrinho, todo mundo. Aí peguei mais sorvete e saí do local sem me preocupar em disfarçar nada. Dei as costas e foi o melhor que pude fazer. Ano que vem ela pode voltar a falar para as outras tias que eu deixei de ser gente, pq francamente, da próxima vez vou fugir dela ahhhh vou !! Mas não do sorvete ! 🙂

E por que será que as vezes as pessoas tratam os parentes mal, mas tratam os outros muito bem ? Outro dia no shopping vi uma mocinha berrando com a mãe por causa de uma pergunta que irritou a garota, mas quando um estranho perguntou exatamente a mesma coisa, ela virou-se pra ele e respondeu toda delicadinha. Depois virou-se pra mãe e continuou com as grosserias… Na minha família isto também acontece. E na de vocês ? Eu evito ao máximo, mas fico pensando se as vezes um comportamento assim também escapa em mim.

Não sei por que não consigo parar de pensar naquele filme chamado Parente é Serpente, vocês lembram?

Mas vejam o lado bom: são estes momentos que inspiram crônicas, filmes, comédias…E quem aguenta viver sozinho?

Boas Festas!!

Câncer de mama: prevenção

Queridos amigos,

[repost: originalmente publicado em 2010 no meu antigo blog]

Aproveitando o outubro rosa, decidi republicar um post antigo que escrevi sobre a prevenção do câncer de mama.

Fico muito emocionada ao falar sobre o assunto pois minha mãe se foi muito cedo deste mundo após uma dolorosa batalha contra o câncer de mama. Ela queria muito viver, mas a doença foi detectada muito tarde. O tratamento trouxe consigo tanto sofrimento e dor que transbordava, não cabia somente numa pessoa – esparramou para os familiares e pessoas queridas. Somente quem perdeu alguém tão querido pode entender o que senti – e ainda sinto. A dor nunca vai embora, fica sempre guardadinha em algum lugar no meu ser. As vezes o sentimento volta a tona por causa de um filme, uma comida, um cheiro, uma música, uma data… a dor volta forte e pesa no peito, aí volto a ser uma menininha frágil e desamparada, querendo minha mãezinha. Depois a dor se despede sem dizer quando volta, só sei que volta. Sinto saudade da minha mãe todos os dias e de tempos em tempos fico pensando se ela se orgulharia de mim.

Minha mãe sempre foi uma mulher muito reservada, então não colocarei sua foto neste post. Mas deixo uma orquídea, sua flor favorita. A orquídea sempre me faz lembrar da mulher forte, guerreira e inesquecível que tive o orgulho e o prazer de ter como mãe.

Por isso queridas amigas, não deixem de fazer os exames preventivos. O câncer de mama detectado precocemente tem cura.

Consultem seu/sua ginecologista ! Façam exames de prevenção ! Mulheres com histórico de câncer de mama na família devem tomar ainda mais cuidado. De acordo com o site ABC da Saúde:

“Mulheres que tem parentes de primeiro grau, mães, irmãs ou filhas, com câncer de mama, principalmente se elas tiverem este câncer antes da menopausa, são grupo de risco para desenvolver este câncer.”

Como não sou da área de saúde e não quero dizer bobagens, recomendo o site do ABC da saúde pra mais informações sobre a doença.

Também quero aproveitar para fazer uma homenagem aos guerreiros que venceram a luta contra o câncer. Admiro muito sua força, vocês são vitoriosos! A dura batalha os modificou pra sempre, estão mais fortes, podem enfrentar qualquer coisa – as vezes posso jurar que dá pra ver o brilho da vitória em seus olhos.

Os profissionais da saúde também merecem uma homenagem: o seu dom é uma benção e sou muito grata por vocês existirem !

Parabéns guerreiros, sua força é inspiração para todos!!

Faith of the Heart, Rod Stewart (trilha do Patch Adams):

……

Cause I’ve got faith of the heart
I’m going where my heart will take me
I’ve got faith to believe
I can do anything
I’ve got strength of the soul
And no one’s gonna bend or break me
I can reach any star
I’ve got faith
I’ve got faith
Faith of the heart

……

Um grande abraço e até o próximo post!

Músicas de Natal

Oi pessoal,

Simpsons_Natal_225

Amanhã já é Natal e fiquei pensando em músicas de Natal. A primeira que me veio a mente é uma que começava assim: “anoiteceu. o sino gemeu. e a gente ficou feliz a rezar”.

Passei muitos anos cantando essa música sem me dar conta de como ela é triste! A letra é de cortar os pulsos! Vocês lembram?

Anoiteceu,
O sino gemeu, a gente ficou, feliz a rezar…
Papai Noel,
Vê se você tem, a felicidade, pra você me dar.

Eu pensei que todo mundo fosse filho de Papai Noel…
Bem assim felicidade, eu pensei que fosse uma brincadeira de papel…
Já faz tempo que pedi mas o meu Papai Noel, não vem…
Com certeza já morreu ou então felicidade é brinquedo que não tem.

Anoiteceu,
O sino gemeu, a gente ficou, feliz a rezar…
Papai Noel,
Vê se você tem, a felicidade, pra você me dar.

Eu pensei que todo mundo fosse filho de Papai Noel…
Bem assim felicidade, eu pensei que fosse uma brincadeira de papel…
Já faz tempo que pedi mas o meu Papai Noel, não vem…
Com certeza já morreu ou então felicidade é brinquedo que não tem.

Anoiteceu,
O sino gemeu, a gente ficou, feliz a rezar…
Papai Noel,
Vê se você tem, a felicidade, para você me dar.


COMO ESTA MÚSICA FICOU POPULAR COMO CANÇÃO DE NATAL? Eu não tenho idéia… Mas que triste pensar que existem pessoas por aí que estão sofrendo muito, que sofrem o ano todo e que no Natal não é diferente.

Ficarei rezando pra que o espírito de Natal encha o coração de todos de amor, generosidade, luz e esperança – especialmente onde estão mais em falta.

Abraços!

BOAS FESTAS E FELICIDADE SEMPRE !

PS: e quais músicas marcaram vocês?